Arquivo do mês: November, 2007

O que é RSS, entendi mas não tenho certeza

Meu amigo Sergio Moraes, professor doutor de arquitetura, urbanista, surfista, maluco por mountain bike e fotografia, pai de um menininho fofo, descolado morador de Balneário Camboriú (???!!!), colocou um blog no ar e enviou dúvidas por e-mail. Serginho, respondo por aqui, quem sabe a resposta serve para outras pessoas também.

rss

Dúvida 1- “O tal link RSS…..entendi o que é, mas não tenho muita certeza. De qualquer modo, parece que é por ali que as pessoas assinam o seu blog. Não sei muito como fazer. Será que no seu web livro “conquistando a rede” tem alguma dica? onde exatamente?”

Resposta 1: O RSS é o motoboy que entrega a pizza. Essa explicação é do Diego Franco, que faz o podcast musical Baixaria, bem bacana. Ouço o programa 43 enquanto escrevo, por sinal (Bezerra da Silva é assim anárquico o tempo todo?).

É isso aí, Sérgio, o internauta assina seu blog por meio do RSS e para fazer isso ele usa um agregador. O serviço de agregador que eu uso é o Bloglines, mas até o seu browser (Firefox? Windows Vista?) tem um agregador, você tem muitas opções de serviço a escolher. O leitor de seu blog clica no quadradinho laranja onde está escrito RSS (ou atom) e o agregador que ele usa passa a fazer o download dos posts quando você atualizar o seu blog. Isso ajuda você a acompanhar os blogs que interessam e desta forma você não precisa visitar uma centena de sites diariamente, perderia muito tempo com isso.

Você encontra mais detalhes no Conquiste a Rede, sim. No livro Podcast tem alguma coisa:

“O RSS é um tipo de arquivo que segue os padrões de um formato ainda mais genérico, o XML, e traz uma lista de endereços de arquivos na internet, ou seja, links para estes arquivos, e algumas informações relacionadas a eles. Os arquivos podem ser de vários tipos: fotos, vídeos, áudios, textos, entre outras coisas.

O RSS é também conhecido como “feed”, que em inglês significa alimentar e nutrir. Podemos dizer que ele nutre o computador do assinante. Há feeds em podcasts, blogs, flogs, vlogs e noticiários.”

(Confesso que é enrolado para caramba explicar o que é RSS. Diego surgiu com o motoboy e a pizza para me socorrer, quando eu tentava explicar como funciona o RSS em uma oficina sobre blogs. E é bom entender como funciona, claro.)

Dúvida 2-Onde está hospedado o seu blog? É pago? Não sei dizer se este que coloquei o meu – wordpress.com – tem bons recursos de blogagem…….será ?”

Resposta 2- Sérgio, eu tenho um serviço de hospedagem pago, sim, mas você não precisa disso. Eu tenho um site que inclui um blog e o WordPress só permite que eu administre o blog. Fora isso, aqui em casa hospedamos outros endereços no servidor, temos vários sites, daí a necessidade do servidor próprio (casa de nerd, sabe como é).

WordPress é a ferramenta para blog que recomendo. Você acertou na mosca. WordPress é open source, ou seja, tem um monte de gente corrigindo bugs e aperfeiçoando os recursos que ele oferece. É sofisticado, tem uma enorme variedade de templates (forminhas para as páginas). Tem os famosos plug-ins que trazem mil funcionalidades.

Uma coisinha- Atenção, meu amigo: a página de About, que serve para apresentar o dono do blog, está configurada como sua home page. É isso mesmo o que você queria? A home costuma ficar com os posts, os textos. Mas parece que foi uma opção para você oferecer os textos em categorias diferentes (arquitetura, board’s sports, mobilidade urbana etc). Como é que é isso?

Beijos e altos vôos para o seu blog.

Móveis brasileiros in English

Assino um blog sobre design e decoração, Design Milk e para minha surpresa encontrei no post de hoje essa cadeira assinada pelo Mick Jagger, digo, Fernando Jaeger. Conheço bem o estilão, oras, estou de olho nessa cadeira há anos. Além de bonitona, baixinha, ela faz o que uma cadeira deve fazer de melhor, é superconfortável:

cadeira Jaegger

Está tudo certo. O Design Milk anuncia o lançamento da Brastilo, uma loja in English voltada para criadores brasileiros. Tem blog e tudo. E faz uma promoção que dá direito a uma viagem ao Brasil.

brastilo

A foto acima é de Eduardo Câmara e está no blog da Brastilo, em ensaio sobre o estilo brasileiro: “elegância casual, puro samba”.

Lição na praça Buenos Aires

Catch & fly Catch & fly

Enquanto isso, na praça Buenos Aires…

Reforma da calçada da Paulista

paulista paulista

A calçada da Paulista ficou lisinha, ficou melhor. Mas a bagunça que a reforma faz. U-la-lah.

Um banco peer-to-peer

Banco da praça Banco da praça

Ando xeretando o mundo da colaboração entre as pessoas – como isso virou nossa economia de pernas para o ar e como os relacionamentos ficam depois das redes criadas com o apoio da tecnologia.

Achei esse rabisco de namorados no banco da praça da matriz de Paraty. Gostei. Um banco peer-to-peer…

Porque Michael Bauwens diz que a tecnologia (internet) permite que a dinâmica dos pequenos grupos tenha escala global e que confiamos em pessoas como nós, os pares (peer). Amor entre pares.

Viagem. :D

O nervoso do Natal

ilusões/illusions ilusões/illusions

Brasil onde chove muito, Brasil onde faz calor. Brasil que agora tem Natal desde outubro. Não era assim. Quando foi que o Natal avançou semestre adentro?

Novembro, nem me fale. A cidade já está pronta, terminou o ensaio da coreografia de luzinhas made in China. É certeza que um pinheiro vai atravessar seu caminho.

No hall de meu prédio, por exemplo, há um pinheirão de plástico com luzes que dançam. O chão e a porta de vidro refletem a dança e então são quatro pinheiros a lembrar que estamos no fim do ano. O coração pode até apertar se você estiver meio despreparado para receber a notícia. A idéia era só pegar o elevador e lá vem uma sinfonia natalina.

Agora só o azul! Agora só o verde! E vamos lá com o amarelinho (tem algum maestro escondido por ali).

Assim. Todas juntas, brilhando forte.

Maravilha.

Agora mais suave. Piano, piano. Piscando. Mais rápido. Isso. Frenesi!

Chega o elevador. E o fim do ano.

Tem um urso polar de isopor na avenida Paulista. Tem vovó Noel no caminho da papelaria. E renas. E trânsito na cidade, só porque oficialmente estamos na época do amigo secreto, do amigo mais que secreto, do desafeto amigo.

Internet e educação

Desconferência na ilha Desconferência na ilha

Fiquei contentíssima por ter um post incluído na seleção do portal www.e-educador.com, uma iniciativa muito bacana dirigida a professores, como me explica por e-mail o professor Anthony. “Pesquiso os blogs e coloco informações para os educadores (somos da rede estadual de ensino de São Paulo)”, diz ele.

Internet e educação juntas podem dar muito certo. Eu falei outro dia do uso dos serviços de mapas para estudo da geografia (Google e Flickr já têm) , o que motivou essa conversa com o e-ducador. Lá na seção sobre educação nos blogs o portal traz vários outros exemplos dessa relação que dá muito samba.

Desde a pré-escola as crianças agora têm na web a melhor biblioteca. Meu priminho, em fase de alfabetização, outro dia me mostrou a pesquisa de palavras com a letra “q” feita na internet.

“Quinteto” foi a que ele escolheu. Queijo, quarto e outras palavras mais fáceis já haviam sido escolhidas por outros alunos… Cinco anos e já vai de quinteto.

Nem precisa lembrar de regar as plantas

drypoint

É viral: o O’Reilly Radar anunciou há dois dias. Hoje, durante o meu momento “recreio”, vi no Twitter, no Boing Boing, em blogs e portais.

É vital. Serve para medir a quantidade de água dos vasos. Pela “módica” quantia de US$ 9,95, você não mata as plantinhas nem de sede, nem por afogamento. É traquitana ou gadget, como preferem os geeks.

É visual: Quando você matar as plantas de sede, fica com um jardim de leds acesos.

É total: E mais, como diria o comercial da faca Ginsu. O marketing se faz sozinho.

Virtual

Virtual Virtual

Mundo virtual é um perpétuo overload de informação.

Virtual não é material e palpável, mas é como essa imagem da árvore na água, presente, muitas vezes dominante.

Um amigo jornalista, que trabalha em uma revista semanal, deu uma bronca hoje: pô, você não acompanha minha coluna? Sorry, não dá tempo para ler tudo e eu não sou target de sua revista, tentei consertar. Fui lá no endereço da coluna, li, todos os textos são excelentes. Mas a questão é tempo, foco, putz. Eu adoraria ler tudo, juro. Sou curiosa, mas o overload é fatal, empanturra.

E essa tal New Tee Vee newteevee.com. Você já viu? Eu ainda não consegui. Não foi por falta de dicas e links, vindos de vários lugares. Eles começaram a colocar no ar os vídeos, registros de uma conferência que discute o futuro da TV, dos filhos do YouTube. Para quem se interessa por mídias sociais, comunicação, TV digital, vídeos, é bom. É bom…

É bom também ter tempo e reservar um pouco da criatividade intelectual. Pronto. Acaba agora meu recreio. Fim de outro post apressado.

Flickr places já está no ar

Alô, alô professores de geografia. Flickr places entrou no ar, já com uma página do Brasil:

flickr places

Prestem atenção nesse recurso didático. Os alunos vão adorar aprender sobre países, culturas diferentes, meridianos, fusos horários e tudo mais vendo fotos.

« Posts anterioresNext Page »