Manual ensina como adotar uma criança no Brasil

Estima-se que existam no Brasil 80 mil crianças em abrigos. Nem todas podem ser adotadas, porque têm situação jurídica indefinida, ou seja, a Justiça ainda não terminou de investigar as possibilidades de reinseri-la na própria família e ela permanece em um limbo. Muitas vezes o tempo passa e a criança cresce dentro da instituição. Triste assim.

Atentos a esse tempo de espera durante o qual a criança cresce institucionalizada, os próprios juízes, por meio da Associação dos Magistrados Brasileiros, resolveram lançar a campanha Mude um Destino, para incentivar as pessoas a receberem crianças que vivem em abrigos, seja para adoção, seja para um convívio de transição, junto a uma “família guardiã”.

Como adoção é antes de mais nada uma questão jurídica, uma verdadeira barafunda de questões, os juízes lançaram essa semana o Manual de Adoção, disponível para download, um documento bem elaborado e bem bacana.

Lembre-se

Acrescentado em 28/o8/08: Nesse manual você encontra algumas informações básicas, mas será preciso investigar melhor junto às instituições competentes tudo o que é necessário para adotar uma criança e conversar sobre as dúvidas que você tiver. Como não sou advogada, posso dar um palpite totalmente errado que vai mais desinformar do que ajudar.

A todos, recomendo seguir o caminho da legalidade e não optar pelo que é chamado de adoção à brasileira, ou seja, mentir e dizer que é pai ou mãe biológico da criança nos documentos. Os motivos para não fazer isso começam na própria criança, que tem direito a conhecer sua história.

A todos os que têm esse desejo de adotar uma criança eu recomendo aprender um pouco sobre como é o processo do lado de lá, do ponto de vista da criança. Procurar saber o que é bom para ela.

Recomendo procurar a Vara da Infância e Juventude, que poderá aconselhá-lo apropriadamente.

Torço para que você encontre uma criança e aumente a família em breve. Desejo felicidades e boa sorte.

Acrescentado em 16/07/09: Senado aprova nova lei para adoção de crianças

Acrescentado em 5/11/09: Associação dos Magistrados Brasileiros lança guia sobre novas regras de adoção

374 comentários sobre “Manual ensina como adotar uma criança no Brasil

  1. a mae dos meus filhos abandonou eles e estou numa situação dificil e queria deixa-los livre p/ adoção,meu tel. é 80212071,moro de aluguel e tenho q sair pq estou desmpregado,amo meus filhos e qero o melhor p/ els,um de 13,gemeos de 11 e uma menuna de 8 anos,moro em bras de pina

  2. Gostaria de sabe qual o prosedimento se você já esta com a criança des de pequenina ,e a ma~e biologica dezaparece.

  3. Gostaria de sabe qual o prosedimento se você já esta com a criança des de pequenina ,e a mae biologica dezaparece.

  4. oi eu so a karina mae de duas filhas e so angolana e queria adotar uma criança dai do brasil o que devo fazer.

  5. Oi Luiz, bom dia!
    Você já posotu no inforum também e várias pessoas deixaram o e-mail pra vc fazer contato. Bom, imagino que deve ser alguém tentando orientá-lo.
    Vou dar minha OPINIÃO, não se trata de conselho.
    Procure um parente ou os padrinhos dessas crianças e peça pra que cuidem deles por um tempo até vc arrumar um emprego. Não se desespere, tudo na vida passa. Eles vão sofrer muito se o pai também os abandonar. Se quiser conversar mande-me um recado deixando o e-mail ai eu lhe escrevo.
    Abraço

  6. ola quero muito adotar um bebe tenho 29 anos sou casada a dez anos não consigo engravidar eu e meu maridos queremos muito um filho como podemos fazer para adotar uma criança

  7. Eu moro fora do Brasil e gostaria muito de adotar uma criança…meu marido e eu sempre tivemos esse plano. Eu teria possibilidades de dar entrada no processo mesmo fora do país?? Ou sou obrigada esta no brasil….queria uma luz.

  8. EU PRECISO TER UM FILHO,EU QUERO E Ñ CONSIGO ENGRAVIDAR,ISSO ME DEIXA MUITO MAL,AGORA EU E MEU MARIDO RESOLVEMOS ADOTA UM FILHO,PARA PRESCER ESSE VAZIO DENTRO DO MEU PEITO,TENHO AMOR E CARINHO PARA DAR A UMA CRIANÇA QUE ESTA ESPERANDO POR UMA MÃE,EU QUERO SER MÃEEEEEEEE,ME AJUDA MEU DEUS A CONSEGUIR.EM ALGUM LUGAR MEU FILHO OU FILHA ESTA ME ESPERANDO TENHO CERTEZA DISSO,ME AJUDA FILHO MAMÃE TE ENCONTRAR.

  9. eu tenho um filho de coraçao sempre digo que e presente de Deus ele e lindo paricidissimo com o pai e sabe sa sua historia ele fala assim mamae nasci no seu coração e do papai tambem agoro busco se Deus permitir uma menina beijos

  10. estou gravida de 8 meses mas n posso cria-lo por motivos que vão alem da minha vontade,gostaria de encontrar uma família q a ame, estou sozinha nessa e n sei como proceder. sou professora de educação infantil,já tenho dois filhos pequenos e definitivamente outra criança n cabe em vida vida,me oriente por favor.

  11. Eu gostaria muito de adotar uma criança, eu nao importo a cor, o sexo, so quero ter a oportunidade a amar e muito essa criança, mas vivo num pais distante como posso fazer para realizar esse sonho…

  12. Quero adotar uma criança. Sou solteiro tenho 29 anos, isso pode acontecer ? Abraços

  13. Olá eu e meu marido entramos na fila para adotar uma crinça essa semana,não tenho muitas preferencias só q tenha menos de um ano de idade,será q vai demora muito?desde de ja agradeço.

  14. Oi Helena gostaira mto de adotar seu bb, sou casada a 10 anos e nao temos filhos, por favor me resposta independente da sua reposta.

  15. Olá pessoal, OLHO VIVO. essa helena é uma golpista!
    Quer dinheiro e isso é crime. Quatro anos para cada parte. Torçam pra que peguem ela pela net, pois, é o tipo que se alguém ficar ocm a criança ela pode ir atras depois pra tirar vantagem.

  16. Caro visitante,

    Esse post seguiu um rumo que eu jamais imaginei: tornou-se uma forma de comunicação entre pessoas que querem adotar e pessoas que podem de alguma forma facilitar a adoção. Não acho que seja essa a função deste texto, tampouco desse blog, uma vez que não tenho como assegurar que as informações aqui deixadas não trarão problemas (inclusive jurídicos) para quem as acatar.

    Por isso, a partir de hoje, está fechado nesse post em particular o espaço para comentários.

    Ana Carmen

Os comentários estão encerrados